De olho nas novidades de 2017 para o ambiente digital

Terça, 10 Janeiro 2017 16:39 Escrito por 
De olho nas novidades de 2017 para o ambiente digital

Confira alguns dos principais fatos que gestores de marcas devem considerar para o próximo ano.

 

Quando se fala de ambiente digital, tudo muda muito rápido, inclusive a forma como marcas e agências encaram e fazem marketing. Por isso, fazer previsões de tendências pode acabar sendo um tiro no pé.

Porém, é preciso planejar e traçar estratégias – mesmo que elas sejam redesenhadas e redefinidas ao longo do ano. Pensando nisso, as CEOs Rafaela Lotto, da Content House – agência especializada em branded content – e Adrianne Elias – da agência de influence marketing Co_Creators – listaram alguns dos principais fatos que gestores de marcas deveriam considerar para 2017:

1. Migração das verbas off para online

Num cenário de crise com cortes de investimento em comunicação, cada real precisa atingir o maior número possível de pessoas, e o digital é o lugar para fazer as verbas renderem mais. Faça um cálculo simples de CPM e coloque seu dinheiro onde ele vai render mais.

2. Digital levado a sério para construção de marca

Se até agora muitas marcas ainda estão experimentando o ambiente digital como ferramenta para construção de marca, as que começaram antes já estão aumentando cada vez mais seu investimento e colhendo frutos em indicadores de marca como lembrança, preferência e consideração de compra. Todos construídos com grande ou total influência do digital. Se em 2016 você ainda não estava pensando nisso, não deveria passar 2017 do mesmo jeito.

3. Influence marketing como parte importante do mix de comunicação

2016 foi o ano em que as marcas realmente abraçaram o influence marketing massivamente, ainda em experiências isoladas, como para lançamentos de produtos, promoções ou outras ações mais táticas, e sem conexão com as principais estratégias da marca. Em 2017, as marcas que realmente entenderam a importância e a relevância dessa relação devem investir em uma estratégia de relacionamento de longo prazo, tendo os influenciadores como image builders, valorizando mais o conteúdo do que o alcance e, assim, identificando quem é realmente relevante para o seu segmento.

4. A busca por mais braços-direitos

Algumas empresas acabam tentando fazer influence marketing, branded content ou marketing digital sozinhas. Mas como esse é um mercado que constantemente muda, é inviável para departamentos internos ficarem ligados e atualizados de todas as mudanças em tecnologia, comportamento e tendências. Nesse sentido, buscar parceiros e fornecedores especializados ajuda muito.

Conteúdo: Revista Proxxima

 

 

FALE CONOSCO

Endereço:

E-mail:

Telefone: